Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \25\UTC 2008

Psicologia, aulas no Itamaraty e timing para saber ‘o quê e como pedir’.

Três elementos fundamentais para um diretor de cena não levar um esporro como esse aqui, de um profissional chamado Robert De Niro. Bastidores da gravação de um institucional do Tribeca Film Festival, evento criado pelo próprio ator:

Read Full Post »

E caiu feio. Os membros originais do Jane’s Addiction, a última banda de rock inteiramente viva, vão se reunir semana que vem pela primeira vez em 17 anos. Informação passada agora pelo profissional Daniel Feix, sócio-honorário da Torcida Jovem e Garra Tricolor na década de 90.

De acordo com o Globo OnLine, Perry Farrell e sua trupe se apresentam no dia 23 de abril, em Los Angeles, para receber o “Godlike Genius Award” (“Prêmio Gênio Divino”), durante o primeiro NME Awards.

Pelo menos dois patrimônios da humanidade foram criados pelo Juana’s Addictión: os álbuns “Nothing’s Shocking”, de 1988, e “Ritual de lo Habitual”, de 1990.

Read Full Post »

Este é um exemplo único no qual comprei o pôster antes mesmo de ter visto o filme. Aconteceu Perto de Sua Casa (Man Bites Dog/C’est Arrivé Près de Chez Vous, Bélgica, 1991) é uma obra-prima do humor negro, estupidamente engraçado e anárquico.

Da mesma faixa etária de Cães de Aluguel e irmão mais velho de Clube da Luta. O filme, dirigido na época por três belgas de vinte e poucos anos, conta a saga de um serial-killer que tem sua ‘carreira’ registrada por uma equipe de reportagem. O tema é um peso, mas o absurdo é tanto que se transforma numa comédia. Disponível em cópia gringa, em edição de luxo da Criterion Collection.

Read Full Post »

E a bossa nova recebe seu filme-tributo no ano em que completa 50 anos. ‘Desafinados’, de Walter Lima Jr., será exibido nesta quarta na mostra competitiva do 18º Cine-Ceará, em Fortaleza.

O estilo, que teve Frank Sinatra como seu maior admirador nos EUA, é o que une um grupo de músicos brasileiros, decidido a batalhar por um lugar no cenário musical de uma Nova Iorque dos anos 60.

Rodrigo Santoro, Selton Mello, Cláudia Abreu, Jair de Oliveira, André Moraes e Ângelo Paes Leme formam o núcleo principal, inspirado abertamente na turma de Carlinhos Lyra, Roberto Menescal, Nara Leão e na ‘Santíssima Trindade’, claro: João Gilberto, Tom Jobim e Vinícius de Moraes.

Uma homenagem ao Rat Pack brasileiro:

*Para muitos críticos, a bossa nova iniciou-se quando foi lançado, em agosto de 1958, um compacto simples do violonista baiano João Gilberto, contendo as canções Chega de Saudade (de Tom e Vinícius) e Bim Bom (do próprio cantor).

Read Full Post »

Duas paradas obrigatórias na filmografia do diretor Wes Anderson permanecem escondidas em território brasileiro. A figura por trás de pequenos clássicos recentes, como ‘Os Excêntricos Tenenbaums’ (The Royal Tenenbaums, 2001) e ‘Viagem a Darjeeling‘ (The Darjeeling Limited, 2007), tem seus primeiros projetos lançados apenas em VHS por aqui.

O brilho dos filmes é inversamente proporcional aos títulos infames em português para ‘Bottle Rocket’ (Pura Adrenalina, 1996) e ‘Rushmore’ (Três é Demais, 1998).

‘Bottle Rocket’ surgiu a partir de um curta com o mesmo nome, dirigido por Anderson e co-escrito pelo seu amigo Owen Wilson. ‘Rushmore’ é considerado até hoje pela crítica como o melhor trabalho da carreira do cineasta. E responsável por um duelo sensacional de atuações de Bill Murray com o então adolescente – e estreante – Jason Schwartzman.

Confira os trailers. Depois, resta baixar as versões em inglês a partir de torrents. Ou tirar o mofo do seu videocassete e achar alguma cópia perdida nas locadoras. Vale a pena.

Bottle Rocket (1996):

Rushmore (1998):

Read Full Post »

Documental. Cru. E poético. Uma espécie de canção dos Beatles cantada pelo Iggy Pop.

Santos e Demônios (A Guide to Recognizing Your Saints, 2006) bebe, e muito, da água de Caminhos Perigosos, de Martin Scorsese, Faça a Coisa Certa, de Spike Lee, e Donos da Rua, de John Singleton. O mérito está em colocar personalidade na forma de contar a história, fugindo da sombra das próprias referências.

É um trabalho autobiográfico de Dito Montiel, diretor, roteirista, escritor e músico, que leva pro celulóide os conturbados anos de sua juventude, vivida no início dos anos 80 no bairro do Queens, em Nova Iorque.

Robert Downey Jr. encabeça o elenco, mas o brilho cai mesmo na gurizada que retrata a adolescência dessas figuras reais. Shia LaBeouf, no papel do jovem Dito, demonstra porque é um dos atores mais respeitados da nova geração (e que intercala projetos independentes com blockbusters como Transformers e o próximo Indiana Jones).

Read Full Post »

Older Posts »